Mais Notícias do MST: Assentamento Oswaldo de Oliveira segue Ameaçado de Despejo

Do assentamento Oswaldo de Oliveira, em Macaé, nos vieram notícias do lançamento de sua loja Terra Crioula

Em 17 de julho, o MST na Região dos Lagos, em Macaé/RJ, realizou sua 1ª entrega das cestas da Reforma Agrária e inaugurou seu mais novo espaço de comercialização agroecológica, o “Terra Crioula”. Esta é uma iniciativa que já vem sendo realizada há mais de dois anos no centro da capital carioca. As cestas contam com produtos agroecológicos, muitos deles produzidos coletivamente, todos livres de agrotóxicos e transgênicos, oriundos dos assentamentos e acampamentos do MST da região. Em Macaé, as assentadas e assentados do PDS Osvaldo de Oliveira e as acampadas e acampados do acampamento Édson Nogueira, realizaram de forma virtual a inauguração do espaço, através de uma Live, na qual participaram o professor Ramiro Dulcich (UFF), as professoras Vanessa Schottz e Camila Laricchia (ambas da UFRJ), o vereador Marcel Silvano, Ivania (professora e coordenadora do FAC), Gabriel (Coordenador do espaço Terra Crioula estadual), Alexandre Gomes (comunicador regional do MST) e assentadas e assentados do PDS Osvaldo de Oliveira.  A inauguração se deu desta forma, devido à preocupação e os cuidados que o coletivo de saúde do MST tem com sua base assentada, acampada e com seus parceiros(as) e amigos(as), mediante a crise  sanitária em que nos encontramos. Devido à pandemia o espaço inicia suas atividades somente com a entrega das cestas da Reforma Agrária, porém o objetivo do Terra Crioula vai além de um simples espaço de comercialização, pois nele devem ocorrer atividades culturais/artísticas, oficinas, rodas de conversas, dentre outras, que serão retomadas assim que sairmos do isolamento social.

Para a realização desta conquista contamos com a parceria do vereador Marcel Silvano e da professora Ivania, da mesma forma com os(as) amigos(as) e parceiros(as) cestantes que apoiaram esta iniciativa adquirindo sua cesta, que nesta 1º edição foram 30 (trinta). 

As entregas das cestas da Reforma Agrária ocorrerão de 15 em 15 dias, sempre às sextas feiras, no FAC, localizado na Rua Teixeira de Gouveia, nº 1051, centro de Macaé. Os pedidos são disponibilizados e solicitados através de uma lista catálogo, enviado via WhatsApp.

Importante a referência ao acampamento Edson Nogueira, que receberá cestas do assentamento para sua cozinha comunitária. O acampamento Edson Nogueira é onde funciona a Unidade Pedagógica de Agroecologia do MST em parceria com instituições públicas e acadêmicas com o objetivo de capacitar as famílias, parceiras e parceiros no manejo agroecológico, tendo como eixo central a conservação ambiental dos bens naturais e a ampliação da produção agroecológica na região.  

Chamada urgente! Vamos participar?

Estamos precisando de reforço para várias ações, especialmente ligadas à campaha:

1. para alimentar as redes sociais (Facebook, Instagram etc.)

2. pessoas que acompanhem os territórios onde estão acontecendo as ações

3. apoio para a carta semanal

4. apoio ao site

Ameaça de despejo na cidade: o caso da comunidade Santa Luzia (Articulação das Vargens)

No final do mês de julho houve uma manifestação popular contra a constante ameaça de despejo que estão sofrendo as famílias da comunidade Santa Luzia, visitadas por funcionários da prefeitura que ficam insistindo neste fato. A comunidade saiu em defesa de suas casas resistindo a todas as formas de pressão da prefeitura ainda mais em tempos de pandemia. Já anteriormente quando os funcionários lhes entregaram um formulário de cadastro relativo a suas casas, que daria direito a auxílio moradia, ninguém aceitou preencher o cadastro.