BIORGA (Associação dos Produtores Bio-Orgânicos)

Produtos: farinha de trigo integral, gergelim, linhaça, soja em grão, feijão azuki

Local: Mondaí – Santa Catarina
Tel/fax:  (49) 3674-0166 ou  (49) 9115-0009
E-mail: biorga@smo.com.brrudisilva@msn.com
Contato: Rudinei Simon da Silva

A Cooperativa de Produtos Biorgânicos – COOPERBIORGA, é uma entidade cooperativa fundada no dia 04 de abril do ano de 2001, sucedida pela BIORGA – Associação dos Produtores Bio-orgânicos de Mondaí, que, através de seus associados, produz, beneficia e comercializa produtos agroecológicos. Abrange o Oeste e Extremo Oeste de SC e Noroeste do RS e conta atualmente com aproximadamente 98 sócios.

A BIORGA tem por objetivos a produção, o beneficiamento e a comercialização de produtos agroecológicos e seus derivados; o auto-abastecimento, a aquisição e distribuição de insumos para o processo de produção e transformação de produtos agroecológicos; geração de trabalho de autônomos para o quadro social; a difusão da doutrina cooperativista e seus princípios ao quadro social; acompanhamento técnico especializado em agroecologia; e a capacitação do quadro social.

A COOPERATIVA organiza-se a partir dos grupos existentes em cada localidade e/ou município. Cada grupo indica um representante. Os indicados compõem o conselho de administração ampliado conforme prevê o estatuto. Os Conselhos de Administração e Fiscal reúnem-se uma vez por mês, para discutir e deliberar sobre questões ordinárias autorizadas pela assembléia geral e análise dos balancetes respectivamente. As assembléias gerais ordinárias são realizadas uma vez por ano e sempre que há questões importantes a serem discutidas e definidas, são realizadas Assembléias Gerais Extraordinárias. Normalmente são realizadas de três a quatro Assembléias por ano.

A economia rural da região está fortemente ligada à cadeia produtiva dos suínos, aves, leite e do fumo em regime de integração com grandes companhias. As lavouras de milho e soja são importante sustentáculo para a produção animal vigente. O modelo tecnológico de produção nestes regimes de integração é o implantado pela “Revolução Verde”, caracterizando-se pelo uso de insumos industriais tais como: adubos solúveis, agrotóxicos e maquinaria pesada. A degradação e a poluição ambiental nestas circunstâncias são inexoráveis.

A renda dos agricultores que trabalham em regime de economia familiar de produção,vem perdendo poder aquisitivo a cada ano que passa na maioria absoluta dos casos.

Um dos desafios encontrados pelos agricultores familiares desta região é a superação do modelo de agricultura, baseado na “Revolução Verde”. A conversão dos sistemas produtivos para a agroecologia é única alternativa possível para a pequena propriedade.

Vem há mais de 10 anos desenvolvendo atividades de produção e comercialização de alimentos agroecológicos e conta com o apoio de entidades como Terra Nova Assessoria Ecológica, CAPA (Centro de Apoio ao Pequeno Agricultor) e técnicos na área de agroecologia dos municípios. Os grupos ligados a BIORGA estão certificados e vinculados a Rede ECOVIDA (Rede de Agroecologia).

Atualmente produz, beneficia e comercializa os seguintes produtos agroecológicos: açúcar mascavo, canjica amarela e branca, farinha de milho (fubá), farinha de trigo integral (grossa e fina), feijão azuki, feijão preto, feijão moyashi, feijão arroz, gergelim, pipoca, soja em grão, trigo em grão, semente de milho crioulo, sementes de adubação verde de diversas espécies. No ano de 2008 os esforços estão focalizados na fábrica de óleos vegetais virgens orgânicos na filial de Erval Seco (RS) que terá óleos de gergelim, linhaça, girassol, amendoim e soja.