Rede Ecológica inicia entrega dos produtos no novo espaço

Texto de Beto Jansen
No último sábado 17/07 fizemos a primeira distribuição dos produtos da Rede no novo espaço de organização, no Moinho Fluminense.  É ali que chegam para ir para os diferentes núcleos.  Conseguimos esse espaço em parceria com a Junta Local e por enquanto estamos distribuindo somente os frescos, em substituição ao espaço da Feira da Glória.  Em breve pretendemos também receber os secos e organizar o mutirão no mesmo local.
Paralelamente estamos com a equipe da logística (distribuição e transporte) reforçada com a entrada de Adair Aguiar (Grajau), Maria Carolina (Caro) e Thaís Rocha (Santa). Ainda contando com o apoio de Beto Jansen e Rosária Rangel nesse período de transição.
Estamos muito felizes com a nova equipe e a estrutura mais adequada para distribuição.  Ainda temos muitos desafios pela frente, principalmente com os produtos que chegam de madrugada, o compartilhamento do espaço e a compra conjunta de produtos com a Junta Local, mas estamos animados com as mudanças.

Comissão de cozinha em foco

A Comissão de Cozinha da Rede Ecológica vem atuando em várias frentes para apoiar a Campanha Campo e Favela contra o Corona vírus e a Fome.
O “Caderno Ecológico de Receitas da Campanha Campo e Favela de Mãos Dadas”, lançado no final de 2020 , foi elaborado visando auxiliar as famílias que recebem as cestas agroecológicas da Campanha, mas é muito interessante e útil para todas e todos que desejam uma vida mais saudável e consciente. Ele traz informações, dicas e receitas sobre comida de verdade, alimentação saudável, aproveitamento integral dos alimentos, valorização dos produtos da agricultura familiar e de assentamentos do Rio de Janeiro, como o aipim, batata doce, inhame, PANCs (os matos de comer) e bananas.  Incentiva a agricultura urbana e traz boas ideias para uso de temperos e bebidas naturais.  Mais do que receitas, busca incentivar a criatividade para substituição de ingredientes, valorizando e aproveitando o que é produzido mais próximo.

Colaboraram com esta edição Ana Santos, Ana Paula Rodrigues, Bibi Cintrão, Débora Debrochinski, Denise Gonçalves e Rita Scheel.  Diagramação de Erika Martins e ilustrações de Ricardo (Caco) Galhardo.  Montagem feita com materiais reaproveitados, com apoio da artista plástica Jac Carrara e do grupo de Artesãs TATI, da Coopcarmo – Reciclagem Comunitária Nossa Senhora do Carmo.
O “Pequeno livro de receitas veganas – Ideias fáceis para uma vida sustentável. Volume I: 100+ Receitas Selecionadas” é o primeiro livro de Rita Scheel-Ybert como “Cientista Vegana”.  Ele faz parte de um projeto de vários livros contendo receitas veganas fáceis, além de dicas sobre alimentos e práticas do dia a dia que visam alcançar um modo de vida mais sustentável e mais saudável.  Nesse primeiro livro ela apresenta uma seleção de mais de 100 receitas, em tópicos diversos como Desjejum e Lanches, Bebidas, Leites Vegetais, Entradas, Pratos principais, Acompanhamentos, Sopas, Molhos e Temperos, Sobremesas, e até Cuidados com o Corpo e com a Casa, várias delas ilustradas e contendo informações e curiosidades sobre os pratos e seus ingredientes.
Está sendo oferecido em formato virtual ou físico, sendo que a impressão será feita somente sob demanda, para proteger o ambiente e evitar o desperdício de papel.
100% dos valores arrecadados pela Rede Ecológica, mais vendas dos livros e dos cadernos serão revertidos para as ações sociais da Rede.
No próximo dia 29/7/ as 19:00 será o momento de conhecer melhor estes livros e produções com as autoras Ana Santos, Bibi Cintrão e Rita Scheel. Não percam!  No canal da Rede Ecológica no youtube!

Agradecimento ao repasse com o Coração

Desta vez foi uma mesa doada por Luany (Humaitá)
Resposta do pessoal do Sim! Eu Sou do Meio de Belford Roxo: “Queremos muito agradecer a esta Rede tão incrível! A mesa chegou no sábado para a nossa assistida Melissa que têm 3 crianças, e que conseguiu entrar em uma faculdade pública, e vai cursar agronomia.  Melissa, tem 40 anos, e pra ela, é extremamente importante este momento da vida, que foi atravessado por muitas violações de direito, principalmente do braço armado do Estado. Esta força em forma de “mesa”, pode parecer pequena, mas acreditem, fez Melissa acreditar um pouco mais na humanidade (palavras dela). Ela pediu obrigada a quem doou, e a TODOS que de alguma forma articularam para que chegasse até a ela. Mais uma vez, Márcio, o motorista da Rede, sempre muito prestativo e carinhoso.

Muito obrigada, Rede!”
É muito bom saber que um repasse cuidadoso provoca tantos sentimentos bons! É muito feliz ver a Rede fazendo isto!