Lançamento da campanha Campo e Favela de mãos dadas em tempo de Coronavírus para coleta no Brasil e no exterior (com exceção da Suíça e França)

Conforme noticiamos em nossa carta semanal de 2 de maio, a partir de obtermos o número da conta bancária com o iban, seria oficialmente lançada a campanha Campo e favela de mãos dadas em tempos de Coronavírus. É o que estamos iniciando agora comunicando esta abertura a vocês. O caminho para coleta de doações do Brasil e também de outros países, que não sejam a França e Suíça, está aberto. Tudo está pronto, a conta da Casa Anitcha em funcionamento, com o número de Iban, necessário a pessoas que queiram transferir do exterior. Este é o momento em que cada um de vocês deverá mobilizar amigos no nosso país e no exterior, que sejam sensíveis ao que o Brasil está vivendo,  e percebam nestas ações da Rede Ecológica um canal significativo de apoio.

Estaremos em breve disponibilizando o cadastro de associados que já saíram da Rede, por núcleo, uma maneira de se lembrar de pessoas que já transitaram. pela Rede Ecológica, importante estes contatos serem feitos de uma forma próxima, que possibilite trocas.

Gostaríamos de agradecer aos que ajudaram para o lançamento da campanha, cuidando  do site para aprontá-lo.  Beto Jansen (posto Glória), Luis Monteiro e Miriam Langenbach (Urca), Flávia Salazar e Adair Aguiar (Grajaú ). Pela tradução de textos do português para o inglês, gratidão para Miatã Guedes e Raquel Pimenta (Urca) e Talita  Mirando (posto Glória). Ainda faltam alguns textos a serem traduzidos.